Novo Audi A8 com condução autónoma nível 3

11 julho 2017

A Audi revelou esta manhã em Barcelona o seu novo A8, um modelo que promete surpreender o mercado pelas suas mais recentes tecnologias algumas delas verdadeiramente inovadoras como um massajador de pés para os ocupantes dos lugares traseiros.

Ao acionar este sistema instalado nas costas dos bancos da frente, surge uma base de apoio para que quem segue atrás possa estender as pernas e colocar os pés num paínel elétrico que trata do resto. A marca chamou-lhe “Relaxation Seat” (banco de relaxamento), e surge acompanhado por outra novidade que é uma segunda central de comandos com ecrã tátil para os lugares de trás e através da qual os ocupantes podem regular o sistema de massagem dos pé, como a disposição dos bancos ou até o ar condicionado.

A nova geração A8 apresenta-se com uma estrutura mais leve e uma maior rigidez estrutural, recorrendo ainda a um sistema elétrico de 48 volts, solução estreada no Audi SQ7, que funciona através de pequenos motores/geradores elétricos que ajudam o carro a iniciar a marcha com economia de combustível e redução de emissões. É o velho sistema stop-start, mas com uma voltagem mais alta. 

É também o primeiro automóvel no mercado a oferecer condução autónoma de nível 3. Em velocidades até 60 km/, o sistema autónomo pode controlar totalmente o veículo e permite ao condutor largar o volante. Até mesmo a estacionar,  pode fazê-lo sem ninguém a bordo.

Visualmente, o novo A8 foi inspirado no Prologue Concept de 2014 e apresenta uma nova linguagem de design da marca, que o torna um rival do Mercedes-benz Class S e do BMW Série 7.

Este Audi é também o primeiro da marca a estar equipado com as inovações da segunda geração do sistema Virtual Cockpit (quadro de instrumentos com elementos inteiramente digitais).

Conta ainda com a revolucionária iluminação matrix de LED e um sistema de suspensão inteligente, capaz de se pré-ajustar automaticamente na iminência de encontrar, por exemplo, um buraco na estrada.

Na Alemanha, o A8 contará inicialmente com dois motores V6 turbo: um TDI de 3.0 litros com 286 cv de potência e m TFSI de 3.0 litros com 340 cv. Para mais tarde está prometido um V8 TDI de 4.0 litros com 435 cv e 460 cv. A gama de motorizações ficará completa com um W12 de 6.0 litros.

A marca anunciou para mais tarde a chegada de um A8 L e-tron quattro que combinará um novo motor TFSI de 3.0 litros com um motor elétrico capaz de atingir 449 cv de potência e uma autonomia estimada de cerca de 50 km  quando em modo totalmente elétrico.

Na Alemanha, os preços do novo A8 iniciam-se nos 90.600 euros para a versão de entrada e 94.100 euros para a versão L. Quando o A8 for lançado em Portugal, estes valores irão subir significativamente.

scroll up