O destaque na BMW é a serie 5 Touring

07 março 2017

Mais larga, mais comprida, mais leve, mais capacidade de carga e mais bonita. É assim com a nova carrinha da série 5, apresentada hoje em Genebra: quase todos os caminhos vão dar a mais quando se fala desta BMW 5 Touring, que finaliza a renovação de toda aquela série de sucesso da marca da Baviera.

Entre outras novidades, de que aqui já tinhamos dado conta, as atenções viraram-se indubitavelmente para esta carrinha, que tem mais 10 litros de bagageira (num total agora de 570 litros/1700 litros) e um óculo traseiro abre de forma independente. Quanto a motores, são dois a gasolina e dois a diesel, todos eles turbo.

O 530i tem quatro cilindros de 2 litros turbo, 252 cv e 350 Nm de binário, caixa automática Steptronic de oito velocidade, com consumos de 6,3 l/100 km e emissões de 143 g/km.

Também a gasolina, o 540i xDrive, é um seis cilindros de 3 litros, 340 cv e 450 Nm de binário, disponível apenas com sistema de tracção integral (xDrive) e caixa Septronic, com consumos de 7,7 l/100 km e emissões de 177 g/km.

Entre os diesel, o 520d, quatro cilindros de 2 litros turbo, 190 cv e 400 Nm de binário, caixa manual de seis velocidades (ou automática de oito velocidades, como opcional), tração apenas traseira, velocidade máxima de 230 Km/h, a gastar 4,9 l/100 km, e 129 g/km de emissões.

O mais potente a gasóleo é o 530d, um seis cilindros de 3 litros, com 265 cv e 620 Nm, que pode envergar tanto o tradicional sistema de tração traseira, como o xDrive. Aponta para consumos de 5,1 l/100 km e emissões de 134 g/km.

scroll up