Portugal vendeu dois elétricos por dia em 2016

23 janeiro 2017

O segmento dos elétricos está a crescer em Portugal e só no ano passado saíram dos concessionários 756 veículos totalmente movidos a eletricidade, o que corresponde a mais 17% de vendas face a 2015. Contas feitas ao pormenor mostram que em 2016 venderam-se dois elétricos por dia. Os números foram avançados pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

Estes resultados foram obtidos apesar do Orçamento do Estado ter reduzido os apoios de incentivo para a compra dos elétricos de 4500 para 2250 euros, mediante a entrega de um carro para abate.

Mesmo assim, de acordo com a Associação de Veículos Elétricos (UVE) não se venderam tantos elétricos em 2016, como estava previsto, “devido à concorrência dos híbridos plug-in, carros híbridos com baterias que podem ser carregadas numa tomada elétrica que representaram 53% do total de vendas”.

Entre os elétricos, a Nissan foi a marca mais vendida em Portugal no ano passado, com 328 unidades do Leaf, modelo que representou cerca de metade destes veículos comercializados no nosso País. A BMW, com o i3, e Renault, com o Zoe, ficaram em segundo e terceiro lugares, respetivamente: venderam-se pouco mais de 170 carros.

scroll up