Quer um Aston Martin Valkyrie? Já não há. Acabou

26 maio 2017

Tudo o que é muito cobiçado acaba depressa. Foi o que sucedeu com o Aston Martin Valkyrie que só vai chegar em 2019 mas já tem todas as suas unidades encomendadas.  

Nascido da união entre a Aston Martin e a Red Bull, o super Valkyrie recorre à tecnologia proveniente da Fórmula 1, estando equipado com um motor 6.5 litros V12 atmosférico que debita cerca de 1.000 cv de potência e que foi desenvolvido em estreita colaboração com a Cosworth. O motor de combustão trabalha em conjunto com uma unidade elétrica desenvolvida pela empresa croata Rimac.

As semelhanças com os carros de F1 continuam ao nível da posição de condução neste Aston Martin Valkyrie que obriga o condutor a ter as pernas quase ao nível dos ombros. Mais, os futuros proprietários vão ser obrigados a fazer uma digitalização a três dimensões do seu corpo, de forma a adaptar o banco às caraterísticas físicas de cada condutor, tal como é feito na Fórmula 1.

E, tal como nos F1 o peso também foi tido em conta com a Aston Martin a apontar para o Valkyrie 1.000 kg o que significará uma relação peso-potência perfeita: com 1 cv para cada quilo de peso.

scroll up