Volvo estabelece parceria com a Uber para desenvolvimento de veículos autónomos

23 agosto 2016

Este projeto conjunto, avaliado em cerca de 300 milhões de dólares, será monitorizado em estreita colaboração, pelos engenheiros de ambas as empresas e tem como objetivo atingir o desenvolvimento de modelos com condução totalmente autónoma. Estes automóveis utilizarão como base um modelo fabricado pela Volvo Cars e serão utilizados por ambas as empresas que posteriormente irão incorporar as suas tecnologias de condução autónoma.

Esta parceria entre um fabricante automóvel e uma das empresas de Silicon Valley representa um avanço significativo na indústria automóvel sublinhando o caminho que, a nível global, a mesma pretende seguir, como resposta à chegada das novas tecnologias. Esta aliança marca o início do que ambas as empresas preveem poder constituir uma parceria a longo prazo.

Os novos automóveis irão utilizar a plataforma SPA - Scalable Product Architecture. Esta plataforma tem vindo a ser utilizada pela Volvo na produção dos seus mais recentes modelos onde se incluem o galardoado XC90, lançado em 2015, ou os novos S90 e V90 lançados este ano.

O desenvolvimento da plataforma SPA faz parte do programa de transformação industrial global que a Volvo iniciou em 2010, e que prevê a aplicação de tecnologias de condução autónoma bem como o aumento da oferta de soluções eletrificadas e o desenvolvimento de opções de conectividade. Foram estas valências que atraíram uma empresa como a Uber.

scroll up