Herança de três mil clássicos dá um museu com 250 viaturas

20 junho 2017

Uma gigante coleção de automóveis, provavelmente a maior do mundo, foi o que os filhos de Harold LeMay herdaram. Mas só 250 é que ocupam o American’s Car Museum, o maior museu nacional do automóvel norte-americano, na cidade de Tacoma em Washington.

Harold LeMay começou a vida com um negócio ligado ao lixo e sucata e fez fortuna, dando largas à sua paixão por automóveis. Ao longo da vida foi comprando carros muitas vezes já abandonados, levando-os para casa para poderem ser restaurados e preservados.

Foi assim durante décadas até à sua morte aos 81 anos em 2000, altura em que a sua coleção iniciada com um Buick Abadal de 1916, já contava com 3.000 carros entre eles o De Lorean DMC 12 de 1983, conduzido por Michael J. Fox no filme Regresso ao Futuro (1985).

Impossível albergar tamanha quantidade de carros num só museu, foram selecionados cerca de 250 automóveis para constituir o atual o America’s Car Museum, num moderno edifício feito de raíz para o efeito.

scroll up