Primeira etapa no Minho com oito classificativas

19 maio 2017

Abertura das verdadeiras “hostilidades” desta sexta prova do Mundial, que, curiosamente, já tem Mads Ostberg (Ford Fiesta WRC) e Thierry Neuville (Hyundai i20 Coupé WRC) como lideres empatados, depois da super-especial de Lousada, leva os concorrentes rumo ao coração do Minho, para a disputa de oito classificativas, com a jornada a ser concluída no centro da cidade de Braga. Serão percorridos nada menos que um total de 148,32 quilómetros, com destaque para a dupla passagem pelos troços de terra de Viana do Castelo (26,70 km), Caminha (18,10 km) e Ponte de Lima (27,46 km). Tratam-se de estradas que a esmagadora dos pilotos já conhece da edição anterior, mas agora, na maioria dos casos, percorridas no sentido inverso.

Seguramente que antes da Braga Street Stage e ao fim de 144,52 km pelos troços cronometrados das serras de Arga e de S. Lourenço da Montaria já estará feita uma primeira seleção entre os candidatos à vitória nesta edição do Vodafone Rally de Portugal.

As previsões meteorológicas apontam para tempo seco e neste primeiro dia completo Sebastien Ogier (Ford) e Jari-Matti Latvala (Toyota) – o finlandês queixava-se esta quinta-feira de dores na região lombar – os dois primeiros pilotos na estrada, deverão, tal como eles próprios reconheceram, passar por algumas dificuldades face aos que partem mais atrás e encontram, por isso, a estrada mais “limpa”.

scroll up