Alejandro Martins venceu a Baja TT de Idanha-a-Nova

08 setembro 2018

Alejandro Martins e José Marques levaram a Toyota Hilux à vitória na penúltima prova do Campeonato de Portugal de Todo o Terreno. A tarefa só se tornou mais fácil na parte final da prova, após duelo interessante com Pedro Ferreira e Hugo Magalhães numa Volswagen Amarok, que terminaram no 2º lugar a 7m06 dos vencedores. O pódio ficou completo com Nuno Matos, que estreou em Idanha-a-Nova uma Ford Ranger.

Dois dos grandes favoritos à vitória acabaram por abandonar. João Ramos (Toyota Hilux), ainda no Prólogo por despiste e Hélder Oliveira (Mini) já na parte final da prova, depois de ter sentido problemas no eixo traseiro do carro durante a maior parte da Baja, acabou por sair de estrada.  Apesar de não terem marcado pontos na prova da Escuderia Castelo Branco, Hélder Oliveira continua no comando do campeonato e João Ramos continua também na 2ª posição, a apenas 4 pontos do piloto do Mini. Quem ganhou mais com a etapa de hoje, foi mesmo Alejandro Martins, que ao conquistar a 2ª vitória da temporada passa para 3º lugar do CPTT a 8 pontos do líder e a 4 pontos de João Ramos, isto quando falta disputar apenas a prova organizada pelo ACP, a Baja Portalegre 500.

Mas agora o panorama é ainda mais emocionante, porque para além deste trio da frente, separados apenas por 8 pontos, há ainda mais dois pilotos que podem chegar ao título de 2018. São eles Tiago Reis (Mitsubishi), que foi hoje o 5º classificado em Idanha-a-Nova e ainda Pedro Ferreira (VW) que alcançou a 2ª posição na prova. Se Alejandro Martins acabou por conquistar uma vitória justa à frente de um muito eficaz Pedro Ferreira e de um azarado Nuno Matos, também Paulo Rui Ferreira registou uma prova positiva, terminando no 4º lugar, à frente de Tiago Reis. O 6º lugar acabou por pertencer à Nissan Navara de Paulo Casaca, a 7ª posição foi para o Mercedes Proto de André Amaral e o 8º lugar para o Range Rover Evoque Proto de Lino Carapeta. Entre os Desafios Mazda, o triunfo sorriu a Bruno Rodrigues, depois de excelente prova de Pedro Dias da Silva, ao conquistar a 9ª posição, à frente do Bowler de João Rato. No Grupo T2 a vitória foi para Nuno Corvo (Nissan Pathfinder), enquanto entre os T8 o triunfo foi para Eduardo Mota em Nissan. Na categoria dos SSV a vitória foi para Mário Franco e Luís Engeitado num Yamaha YXZ 1000R.

Hélder Oliveira continua na frente do CPTT com 77 pontos, seguido por João Ramos com 73 e agora por Alejandro Martins com 69. Tiago Reis é o 4º classificado do campeonato com 68 pontos e Pedro Ferreira o 5º com 62. Todos eles podem chegar ao título de 2018, na Baja Portalegre 500 marcada para os dias 25 a 27 de outubro e organizada pelo ACP.

scroll up