Andrades na frente após as 12 horas

27 novembro 2016

Atrás da equipa vencedora na edição do ano passado, comandada por Francis Lauilhe, após 11 horas de corrida, o AC Nissan Proto da família Andrade aproveitou o momento da transição da primeira para a segunda metade das AFN 24 Horas TT Vila de Fronteira, para reassumir o primeiro lugar e colocar-se em posição privilegiada para vencer a 19ª edição da maratona alentejana.

Com Alexandre Andrade, Cédric Duple e Yann e Thomas Morize ao volante do protótipo inscrito por Mário Andrade, a equipa passou as restantes horas da noite de corrida à noite no primeiro lugar e aí se mantém ao nascer do dia. À passagem pela 18ª horas de competição, e com Yann Morize em pista, o AC Nissan Proto lidera com 78 voltas já cumpridas ao Terródromo de Fronteira. Segue-se o Sadev Oryx de Francis, Pierre e Louis Lauilhe e de Stéphane Barbry com menos uma volta e o terceiro posto é ocupado pelo Rivet RM Sport de José Castan, Benjamim Bujon (actual campeão francês de TT de resistência), Anicet Garicoix e Vincet Demonceaux.

A melhor formação portuguesa é a do carro inscrito pelo luso-angolano, Rómulo Branco, que está no quinto posto. Branco, em Mitsubishi Pajero DiD faz equipa com Gonçalo Branco, Rui Farinha e Jorge Silva. Destaque, ainda, para o sexto posto ocupado pelos líderes do Desafio Mazda. O CX Proto com o número 38 inscrito por Etelvino, que é o principal candidato à vitória deste troféu, tem uma vantagem de seis voltas para os principais rivais, Tiago Avelar, Paulo Gomes, Miguel Sardo, Henrique Menezes e Joel Lutas.

A categoria T2 tem sido dominada pela Nissan de Alexandre Franco, Bruno Sá, Filipe Carvalho e Sérgio Vitorino. A equipa é, à passagem pela 18ª hora, 13ª classificada à geral.

scroll up