Bernhard Ten Brinke vence etapa e Sainz perde penalização

17 janeiro 2018

A Toyota bem tenta contrariar os Peugeot 3008 DKR, e Ten Brinke assinou hoje uma etapa excelente, ganhando mais de quatro minutos aos três Peugeot que terminaram o dia nas posições seguintes. Cyril Déspres foi o 2º classificado a 4m35, Carlos Sainz o 3º a 4m40 e Stephane Peterhansel o 4º a 4m50. Os Peugeot todos juntos e “entalados” por duas Toyota, isto porque Nasser Al-Attiyah foi o 5º classificado à chegada a Chilecito a 5m56 do seu colega de equipa Ten Brinke. E se a Peugeot parece ter a situação controlada, Carlos Sainz sorriu quando soube que a organização lhe retirou os dez minutos de penalização que lhe tinha atribuído pelo hipotético acidente de percurso com um quad, dando razão ao piloto espanhol depois de verificada a telemetria do Peugeot 3008 DKR.

Assim, Carlos Sainz é mais líder, dispondo de 1h00m45 de avanço para o seu colega de equipa Stephane Peterhansel, com a Peugeot a controlar os acontecimentos à entrada para os três últimos dias de prova, embora esta edição do Dakar esteja recheada de surpresas. Três Toyota ocupam os três lugares seguintes na classificação geral, com Nasser Al-Attiyah na 3ª posição a 1h14m02 de Sainz, mas com os seus colegas demasiado perto. Ten Brinke é agora o 4º classificado a 1h17m35 e Geniel De Villiers o 5º a 1h30m05. O 6º lugar é ocupado pelo Mini de Jakub Przygonski mas já a 2h44m18 do líder Carlos Sainz. O português Filipe Palmeiro, navegador de Boris Garafulic, foi hoje o 11º classificado na etapa, ocupando o 14º lugar na classificação geral.

scroll up