Terceira dobradinha da Porsche no Texas

17 setembro 2017

Earl Bamber, no Porsche 919 Hybrid #2, cruzou a linha de meta com apenas 0,276s de margem sobre o Bick Tandy, com o Porsche #1, para garantir a quarta vitória consecutiva da formação composta ainda por Timo Bernhard e Brendon Hartley. O trio aumentou a vantagem no campeonato e ajudou a Porsche a afastar-se ainda mais da Toyota na tabela de Construtores.

A corrida, disputada em condições quentes e húmidas, revelou-se uma luta de estratégica épica em que os Porsche trocaram galhardetes entre si e marcaram o ritmo.

A alteração da regra de 2017, que reduziu a distribuição de pneus de seis para quatro conjuntos para a qualificação e corrida, criou mais desafios para as equipas, que tiveram de ter mais cautela para escolherem quando fazerem a tirada dupla com os pneus Michelin sob as condições de temperaturas elevadas.

Após muita ação ao longo das seis horas de corrida, o desfecho da prova surgiu nas últimas voltas, quando a Porsche decidiu sincronizar os carros, o que permitiu a Bamber ultrapassar Nick Tandy na reta da meta quando faltavam apenas 15 minutos para o final.

A Toyota terminou em terceiro e quarto e mostrou ritmo muito mais competitivo que nas últimas jornadas. Sebastien Buemi, Kazuki Nakajima e Stephane Sarrazin ficaram no mais baixo do pódio com o Toyota Gazoo Racing TS 050 HYBRID #8, isto depois de terem lutado taco a taco com os Porsche na fase inicial da corrida.

Quanto à LMP2, a vitória foi para os Campeões em título da Signatech Alpine Marmut, que assim deram sequência ao pódio conquistado na Cidade do México. Foi também a segunda vitória consecutiva de Lapierre e Menezes no Texas. As restantes posições do pódio foram ocupados pelos dois Oreca-Gibson da Vaillante Rebellion.

scroll up