Toyota impõe-se na primeira sessão de Qualificação

14 junho 2017

Os motores já se fizeram ouvir a partir do meio da tarde de hoje no circuito de Le Sarthe, primeiro com quatro horas de treinos livres entre as 15h00 e as 20h00, e depois a primeira sessão de Qualificação, entre as 21h00 e as 23h00.

A supremacia nos livres foi da Porsche LMP Team, a colocar o 919 Hybrid de Neel Jani, André Lotterer e Nick Tandy (#1) na primeira posição com um registo de 3:20,362s, seis décimos de segundo mais lesto que o Toyota TS050 Hybrid (#7) de Mike Conway, Kamui Kobayashi e Stéphane Sarrazin. Contudo, quando as coisas começaram a contar a realidade foi diferente.

O segundo piloto do carro número 7, da Toyota Gazoo Racing, Kobayashi fez uma volta canhão aos mais de 13 quilómetros do traçado de Le Mans ao cabo de 39 minutos de treino para ser o único a rodar abaixo do segundo 19 e resgistar a pole provisória até ao momento com um crono de 3:18,793s.

Atrás dele, a 0,613s, está o TS050 Hybrid número 8, de Sébastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima, enquanto o melhor Porsche, o #2, ocupa o terceiro posto. O carro pilotado por Timo Bernhard, Earl Bamber e Brendon Hartley terminou a primeira Qualificação a 0,917s da pole provisória.

Mais atrás, e sétimo da geral, surge o primeiro LM P2, o Oreca 7 –Gibson da TDS Racing. A tripla composta por François Perrodo, Matthieu Vaxiviere e Emmanuel Collard detém a pole da categoria com um registo de 3:29,333s. Na LM GTE Pro a primeira posição está a cargo de Nicki Thiim, Marco Sørensen e Richie Stanaway. Os homens do Aston Martin Vantage, da Aston Martin Racing, rodaram em 3:52,117s, ocupando a 32ª posição da geral.

Já no que respeita aos portugueses, Filipe Albuquerque é o melhor. O piloto que faz equipa com Will Owen e Hugo de Sadeleer aos comandos do Ligier JSP217 – Gibson, da United Autosports, ocupa o 21º posto da geral, 15º da categoria LM P2, com um tempo de 3:34,166s.

Pedro Lamy, que compete em conjunto com Paul Dalla Lana e Mathias Lauda com um Aston Martin Vantage, da Aston Martin Racing, está na pole da categoria LM GTE Am, e em 43º da geral, com um registo de 3:55,134s. Álvaro Parente, que faz tripla com Richard Wee e Hiroki Katoh ao volante de um Ferrari 488 GTE, da Clearwater Racing, é o 54º da geral com um tempo de 3:57,321s, o que se traduz na 10ª posição da categoria LM GTE Am.

A Qualificação decorreu sem problemas de maior, apesar do início ter sido atrasado em cerca de 20 minutos para reparação das barreiras de proteção após os treinos livres da “Road to Le Mans”. Tirando isso, apenas três bandeiras amarelas ao longo de toda a sessão: duas na chicane de Mulsanne e outra no Tertre Rouge, todas elas num espaço de menos de dez minutos.

Amanhã pilotos e máquinas voltam à pista para mais duas sessões de Qualificação; a primeira entre as 18h00 e as 20h00 e a segunda das 21h00 às 23h00.

scroll up