Vitória caseira de Dovi e da Ducati em São Marino

09 setembro 2018

Andrea Dovizioso (Ducati) assinou vitória de mestre no Grande Prémio de São Marino e da Riviera de Rimini depois de partir da quarta posição da grelha. A correr em casa, o italiano entrou ao ataque e saltou de imediato para segundo, atrás do colega de equipa Jorge Lorenzo.

Mas tal não bastava e à quinta volta Dovi assumiu a liderança da prova para não mais a perder até final. Enquanto isso, Marc Márquez (Honda), que tinha partido de quinto, aproximava-se de Lorenzo na luta segunda posição. Os dois espanhóis cedo entraram em animado despique, com Márques a subir ao intermédio do pódio ao cabo de 14 voltas, mas com Lorenzo a responder após a 19ª passagem pela meta. Contudo, um erro de Lorenzo na penúltima volta deitou tudo a perder e impediu a Ducati de registar mais uma dobradinha com o espanhol a ir ao chão e a acabar a corrida na gravilha.

Quem acabou por ganhar com isso foi o Campeão do Mundo Márquez que desta forma terminou em segundo. Contudo, a surpresa foi o terceiro lugar de Cal Crutclhow (Honda). A vitória, essa, ficou nas mãos de Dovi, que deu à Ducati aquele que é até ao momento apenas o segundo triunfo no traçado de Misano.

Alex Rins (Suzuki) e Maverick Viñales (Yamaha) completaram a lista dos cinco primeiros, com Dani Pedrosa (Honda), Valentino Rossi (Yamaha), Andrea Iannone (Suzuki), Álvaro Bautista (Ducati), e Johann Zarco (Yamaha) a serem os restantes nomes do Top 10.

scroll up