Peugeot 5008 reforça imagem SUV com proposta familiar

23 fevereiro 2017

Parece um prolongamento do 3008, mas é muito mais do que isso. O SUV mais familiar da Peugeot consegue transportar sete passageiros e manter o esboço de sucesso de uma linhagem que pretende conquistar os mercados mundiais. Rompendo completamente com a geração anterior, o novo 5008, que contou com apresentação mundial em Portugal, promete instalar-se num segmento que está em crescendo, oferecendo mais soluções e espaço, mantendo a aparência que já consagrou o 3008 e que irá ser cartão-de-visita da Peugeot.

O mercado dos grandes SUV’s de 7 lugares parece prometer e a marca francesa não quer perder pitada desta nova moda, lançando-se na corrida com o 5008, um automóvel concebido para famílias mais numerosas, oferecendo uma abordagem diferente com argumentos distintos. Assente na nova plataforma EMP2 do grupo PSA, este SUV de maiores dimensões é mais comprido e mais largo que o 3008, oferecendo também mais espaço para as pernas, uma bagageira generosa, quando não está montada a terceira fila de bancos, e uma série de soluções práticas para a vida a bordo. E se o 3008 foi o melhor lançamento da Peugeot dos últimos tempos, transformando-se num carro mundial, com mais de cem mil encomendas em apenas quatro meses, o novíssimo 5008 pretende acompanhar esta onda de sucesso que abrange também o 2008, o SUV de menores dimensões da Peugeot.

A fábrica francesa de Rennes irá alimentar a produção mundial do 5008, menos na China que vai contar produção própria. Com inegáveis semelhanças com o 3008, o novo SUV da Peugeot pretende ser uma referência do seu segmento, exibindo um design forte, mas ao mesmo tempo elegante, com a grande grelha identificativa da marca a dominar a secção dianteira e com a mala de grandes dimensões a predominar na traseira. No interior, um contexto ultra tecnológico, com todos os sistemas mais eficientes de ajuda à condução e segurança, convidam a uma viagem confortável e segura, com um toque de estrada digno de um Peugeot, mas também com uma habitabilidade e modularidade imaginativa. Com a possibilidade de transportar sete passageiros, o Peugeot 5008 possibilita ainda que sejam retirados os dois bancos da terceira fila, que já por si são escamoteáveis, aumentando a capacidade de carga numa configuração original que corresponde a uma arquitetura própria do 5008.

Com chegada a Portugal agendada para junho, o Peugeot 5008 é taxado como classe 1 nas portagens, mesmo sem utilização de Via Verde. Ocupar uma posição de destaque no segmento da moda é uma das pretensões dos responsáveis pela Peugeot em Portugal, que esperam uma subida na opção por motores a gasolina, apesar da eterna paixão pelos propulsores a gasóleo. Com motorizações Euro 6, o 5008 monta o bloco 1.2 PureTech de 130 cv a gasolina, como motorização de entrada, que pode contar com caixas de seis velocidades, manuais ou automáticas. Entre os diesel, o 1.6 BlueHDI de 120 cv pode igualmente vir equipado com os dois tipos de caixas de velocidades, enquanto o bloco de 2,0 litros BlueHDI estará disponível com 150 cv e caixa manual de seis velocidades, ou 180 cv com caixa automática.

Para reforçar as competências fora de estrada, o 5008 poderá vir equipado com o sistema Grip Control. Em relação a preços, a versão a gasolina 1.2 PureTech oscila entre os 32.380€ e os 38.783€ consoante os quatro níveis de equipamento. No BlueHDI de 1,6 litros os preços variam entre os 34.580€ e os 41.511€, enquanto o 2.0 BlueHDI tem preços entre os 42.480€ e os 46.22€.

scroll up