Orçamento de Estado 2018 em análise

19 outubro 2017

O Automóvel Club de Portugal (ACP) condena o “novo saque fiscal” aos automobilistas da proposta do Orçamento do Estado para 2018 (OE2018), acusando o Governo de estar obcecado com a arrecadação de receita fiscal.

“Em todos os aspetos, é um Orçamento sem outro objetivo além da receita fiscal”, afirma o ACP, em comunicado hoje divulgado, acusando ainda o executivo de uma “grave falta” de articulação interna e um “profundo desrespeito” pelos automobilistas.

Leia aqui o comunicado do ACP

“Nos carros novos, pagam os ligeiros de passageiros, os ligeiros de mercadorias e as motos. Sejam mais ou menos poluentes, todos vão pagar mais”, lamenta, considerando que “é um Orçamento sem outro objetivo além da receita fiscal”.

Do lado das marcas automóveis as reações variam. A BMW critica, ao passo que a Renault destaca a manutenção do apoio aos elétricos

Parque envelhecido e impacto ambiental

Filipe Abreu, Associado Sénior de PLMJ - Direito Fiscal, considera que, acima de tudo, se mantém o "status quo" da fiscalidade no setor automóvel

scroll up