Velhos são os trapos: Porsche faz 70 anos

29 janeiro 2018

O primeiro automóvel a ter o nome Porsche foi registado a 8 de junho de 1948: era o 356 Roadster "Nº 1". Este é o dia em que a marca Porsche nasceu. O Type 356 transformou o sonho do veículo desportivo de Ferry Porsche em realidade. "A sua visão, naquela época, incorporou todos os valores que ainda definem a marca nos dias de hoje", referiu Oliver Blume, Presidente Executivo da Direção da Porsche AG.

"A tradição é um compromisso. Sem a nossa tradição e sem os nossos valores fundamentais, não estaríamos onde estamos hoje ", explicou Blume. "Nós planeamos para mantermos no futuro o padrão de excelência técnica estabelecido por Ferry Porsche. A mobilidade dinâmica inteligente tem um grande futuro à frente. E temos uma sólida experiência tecnológica, funcionários criativos e um espírito de equipa único para estarmos lá. Temos o que é necessário para garantir que a marca Porsche continua a fascinar - mesmo por mais 70 anos ".

A história da marca Porsche começa em 1948. No entanto, a base do construtor de veículos desportivos assenta na vida de trabalho do professor Ferdinand Porsche - trabalho que o seu filho, Ferry, continuou. Ferdinand Porsche já tinha projetado inovações pioneiras para a indústria automóvel no início do último século.

Em 1900, construiu um veículo elétrico com uma unidade de cubo de roda conhecido como Lohner-Porsche, um veículo que serviu de base para o primeiro automóvel de passageiros com tração integral do mundo. No mesmo ano, Ferdinand criou um modelo para veículos híbridos com o desenvolvimento de uma motorização híbrida gasolina- elétrico. Em 1931, Ferdinand Porsche fundou seu próprio escritório de engenharia. O "Berlin- Rome Car", exibido em 1939, foi o início da sua ideia de veículo desportivo com o nome Porsche, embora este sonho só tenha sido realizado pelo seu filho Ferry, em 1948, com o Type 356.

O sucessor do modelo 356, o Porsche 911, projetado pelo filho de Ferry Porsche, Ferdinand Alexander, deu finalmente à empresa o seu avanço como um dos principais construtores de veículos desportivos do mundo, tanto do ponto de vista técnico como de design. O Porsche 911, apresentado ao público pela primeira vez em 1963, foi construído mais de um milhão de vezes.

"Embora o 911 tenha sido consistentemente desenvolvido nas décadas seguintes e tenha sido aprimorado diversas vezes com novas e inovadoras tecnologias, nenhum outro veículo conseguiu manter a sua essência original da mesma forma como o 911", diz Blume. "Todos os modelos Porsche a serem desenvolvidos agora e no futuro terão por base este veículo desportivo. Como peça central da marca, o 911 tornou-se o modelo desportivo de sonho, ganhando o coração de entusiastas em todo o mundo ".

O futuro dos veículos desportivos da Porsche está a chegar à linha de partida sob a forma do Mission E, o primeiro modelo de Zuffenhausen movido a tecnologia puramente elétrica. Este conceito de veículo combina o design emocional caraterístico de um Porsche, com o desempenho de condução excecional e a funcionalidade no dia-a-dia para o futuro.

O modelo de quatro portas com quatro lugares individuais oferece um sistema de mais de 440 kW (600 cv) e uma autonomia de mais de 500 km, com uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em menos de 3,5 segundos e um tempo de carregamento de cerca de 15 minutos para 80 por cento da capaci- dade de energia elétrica necessária. A Porsche investiu cerca de um bilhão de euros neste projeto futurista, criando mais de 1.200 postos de trabalho adicionais apenas na fábrica de Estugarda-Zuffenhausen, onde o Misson E será construído. "A Porsche sempre será a Porsche - a marca líder para a mobilidade exclusiva e desportiva", reforça Oliver Blume.

scroll up