Félix da Costa deixa BMW e olha nova equipa na Fórmula E

10 setembro 2019

António Félix da Costa, que começou a época 2018/2019 da Fórmula E a vencer na Arábia Saudita e terminou o ano em sexto, está de partida da BMW. O luso fez uso da sua página oficial no Facebook para anunciar a saída da formação bávara ao cabo de seis anos de parceria.

Num post emocionado, Félix da Costa escreveu: “Adeus BMW! Com alguma nostalgia, mas com grandes memórias, despeço-me da família BMW, quero agradecer a todas as pessoas na fábrica, engenheiros, mecânicos, equipa de escritório, todos os que ao longo destes 6 anos me ajudaram a crescer como piloto. Foi sem qualquer dúvida uma grande viagem e juntos ganhámos corridas no DTM, na Fórmula E, ganhámos também o campeonato de marcas no DTM e estreei-me nas 24 horas de Le Mans com vocês. Agora é hora de partir para um novo grande desafio na minha carreira, mas tudo o que vivemos juntos fica. OBRIGADO BMW!”

O jovem piloto deixa novidades sobre o futuro para breve, mas os rumores apontam para uma caminhada pelo pit lane até à box da DS Techeetah. A concretizar-se, Félix da Costa irá ocupar o lugar de Andre Lotterer e fazer dupla com Jean-Éric Vergne. Certo é quem vai para o seu monolugar na BMW: Maximilian Guenther.

scroll up