Kimmi Raikkonen vence em Austin uma corrida cheia de ritmo

21 outubro 2018

Ainda não há campeão em 2018. Lewis Hamilton falhou o título por pouco, mas brindou o público americano com um duelo fantástico pelo 2º lugar com Max Verstappen, nas últimas voltas do circuito de Austin. Mas a grande animação e o ritmo fabuloso desta corrida das Américas foram obra dos três homens do pódio, com Raikkonen a saborear uma vitória 5 anos depois, num triunfo muito sofrido, perante as pressões de Verstappen, que viria a ser o 2º classificado e de Hamilton que teve de se contentar com o 3º lugar e adiar a questão do título para o GP do México.

Lewis Hamilton, que bem tentou olhar para as contas do campeonato, continua a ser o principal candidato ao título, até porque ficou um lugar à frente do Ferrari de Sebastian Vettel que foi o 4º classificado, batendo em duelo particular o Mercedes de Valtteri Bottas que terminou na 5ª posição, à frente dos dois Renault de Nico Hulkenberg e Carlos Sainz. Raikkonen assinou uma grande prova e estragou a estratégia da Mercedes, ganhando a guerra dos pneus.

O duelo entre Verstappen e Hamilton pela 2ª posição, não deixou Raikkonen indiferente, com o piloto do Ferrari a mostrar a frieza e destreza que tanto o caracterizam, até chegar a uma vitória merecida e há muito procurada. Agora, Hamilton conta com 69 pontos de avanço para Vettel, em 75 pontos possíveis, sendo muito provável que no México, a 28 deste mês se conheça o campeão de 2018. Nas marcas, o duelo entre a Mercedes e a Ferrari poderá durar mesmo até à última prova do ano.

scroll up