Mortara e Venturi vencem na secretaria

11 março 2019

A corrida do passado domingo em Hong Kong, a 50 da Fórmula E, foi marcada por emoções fortes de início a fim, com a maior de todas a acabar por surgir na última volta. Sam Bird (Envision Virgin Racing) levava a cabo renhida luta com Andre Lotterer (DS Techeetah) pelo triunfo quando. O britânico era segundo e numa derradeira tentativa de chegar à primeira posição bateu na traseira do monolugar do germânico, partindo-lhe a suspensão traseira e provocando-lhe um furo. Resultado, Lotterer viu-se obrigado a levar o carro até às boxes a baixa velocidade e acabou por não terminar a corrida.

Após o final da prova o incidente foi alvo de inspeção por parte da FIA que decidiu penalizar o britânico em cinco segundos, o que o atirou para o sexto posto e acabou por dar a vitória, a primeira da carreira, a Edoardo Mortara (Venturi Formula E Team), com a consequente promoção de Lucas di Grassi (Audi Sport Abt Schaeffler) a segundo e de Robin Frijns (Envision Virgin Racing) ao mais baixo do pódio.

scroll up