Nos testes de F1 com pista seca começaram a surgir os tempos

07 março 2018

O 2º dia da segunda sessão de testes de inverno, a decorrer no circuito da Catalunha, apadrinhou pilotos e técnicos das diversas equipas, que agora já conseguiram tirar algumas conclusões em relação aos novos bólides para a época de 2018, que arranca a 23 de março na Austrália.

Daniel Ricciardo em Red Bull foi o mais rápido do dia, numa sessão que pode ser considerada como a primeira à séria, com tempos de entusiasmar e até com simulações de corrida. E se Ricciardo até bateu o recorde da pista, e de manhã também foi mais rápido que Hamilton, Vettel e Alonso, viria a confirmar o domínio da parte da tarde, onde se verificou também uma boa prestação para Max Verstappen com o RB14.

Entre os campeões da Mercedes, Hamilton foi mais rápido de manhã e Bottas à tarde. Na Ferrari Vettel e Raikonen estiveram em bom plano, aproveitando a pista seca e os pneus hipermacios, com os tempos a surgirem naturalmente. Carlos Sainz Jr. foi o piloto que realizou o maior número de voltas ao volante do Renault. Mas também existiram problemas técnicos em Barcelona para algumas equipas, como por exemplo para a Haas, Williams e Toro Rosso, com a McLaren a ter de trocar de motor e a regressar já muito perto do final dos treinos.

scroll up