Oliveira sexto na Catedral

01 julho 2018

Depois de se ter qualificado na 17ª posição da grelha pelo segundo fim-de-semana consecutivo, muitos eram os que anteviam mais uma fenomenal recuperação de Miguel Oliveira no Dutch TT rumo ao sexto pódio da época e a verdade é que o início da corrida parecia confirmar isso mesmo.

Com o apagar das luzes o piloto ACP fez mais uma brilhante partida para ganhar seis lugares e terminar a primeira volta em 11º. Mas tal não era suficiente e o jovem da Red Bull KTM Ajo continuou o ataque para ganhar mais quatro lugares. Oliveira ainda conseguiu chegar a sexto, mas forte oposição de Fabio Quartararo, Joan Mir e Luca Marini não permitiram mais. O português viu-se envolvido em renhido despique com os três rivais e após algumas trocas de posições ao longo da segunda metade da corrida, Oliveira não teve como ir mais longe e viu-se forçado a contentar-se com o sexto lugar final.

À frente, o líder do Campeonato Francesco Bagnaia vencia a quarta corrida do ano para se distanciar um pouco na frente da classificação, enquanto Quartararo era segundo e Alex Márquez terceiro. Ainda assim, e em termos de Campeonato, Oliveira mantém a segunda posição com 128 pontos, menos 16 com os 144 de Bagnaia e mais 18 que o terceiro classificado Márquez.

scroll up