Vitoria de Hamilton e 5º título consecutivo para a Mercedes

11 novembro 2018

Lewis Hamilton triunfou no Autódromo José Carlos Pace em São Paulo, numa corrida fantástica de Max Verstappen, que só não venceu porque foi tocado por Esteban Ocon, quando comandava a prova brasileira. O GP de F1 em Interlagos, São Paulo, contou com forte dose de emoção devido à incerteza quanto ao resultado, que durou até final. A sorte da corrida esteve com Hamilton e o azar do lado de um fantástico e agressivo Verstappen que, mesmo com o seu Red Bull danificado, tentou a vitória até ao fim, forçando Hamilton nos últimos metros da corrida.

Mas foi a Mercedes que teve motivos para festejar no Brasil, ao alcançar o seu 5º título consecutivo de construtores, depois de ter festejado o título de pilotos com Hamilton. Mas se a Mercedes teve razões para festejar, foi a Red Bull que brilhou ao ritmo do samba, com duas corridas fabulosas de Verstappen, mas também de Daniel Ricciardo, que recuperou do 11º até ao 4º lugar final, tendo inclusivamente passado pelo 2º lugar a meio da corrida.

A Ferrari voltou a não convencer, por causa dos pneus, apesar do 3º lugar de Raikkonen, que trocou várias vezes de posição com o seu colega Sébastien Vettel, que viria a terminar a prova brasileira no 6º lugar, atrás de Valtteri Bottas, que fez contas com o 5º posto, para ajudar a Mercedes a ser campeã no Brasil. Charles Leclerc levou o Sauber ao 7º lugar, sendo o melhor piloto das equipas não favoritas. O GP de F1 do Brasil contou então com um pódio bastante colorido, com as três marcas dominantes. Hamilton (Mercedes) no lugar mais alto, seguido por Verstappen (Red Bull) e por Raikkonen (Ferrari).

scroll up