As 14 multas de trânsito mais pesadas em Portugal

Conheça os custos e as sanções

Desrespeitar as regras de trânsito pode ter um grande peso na carteira. Mas também existem infrações que, além do valor pecuniário, têm associada uma sanção, desde a inibição de conduzir à apreensão do veículo ou até pena de prisão. Porém, nem sempre as multas consideradas muito graves são as que têm maior impacto nos condutores. Conheça algumas das multas de trânsito mais pesadas.

As 14 multas de trânsito mais pesadas

  1. Conduzir sem seguro
    Na verdade, mesmo que tenha o carro parado, mas sem seguro, pode ser multado. E não falamos apenas na via pública. Se tiver uma garagem e o carro estiver aí estacionado, é obrigatório ter pelo menos o seguro de responsabilidade civil. Consequências: coima entre 500€ e 2.500€

  2. Circular sem matrícula
    É obrigatório por lei, e a composição dos números e das características da chapa devem cumprir as regras. Apesar de ser considerada uma contraordenação leve, na verdade, a multa pode ser pesada. Consequências: coima entre 600€ e 3.000€

  3. Conduzir sem carta de condução
    Independentemente do motivo que leva a circular sem carta de condução (por exemplo, nunca a ter tirado), fazê-lo é considerado crime. É uma das multas de trânsito mais gravemente penalizadas, quer pelo valor, quer pela sanção. O condutor pode ser detido de imediato, podendo enfrentar uma pena de prisão até 2 anos. Consequências: os titulares de carta de condução da categoria AM ou A1 que conduzam veículos de outras categorias sem habilitação podem sofrer uma coima de 700€ a 3500€ e coima de 500€ a 2500€ se forem apenas titulares de carta de condução da categoria T.

  4. Circular em excesso de velocidade
    Não circular dentro dos limites de velocidade estabelecidos pode também levar a uma das multas de trânsito mais pesadas. Neste caso, à quantia pecuniária, adicionam-se igualmente sanções acessórias. Consequências: coima entre 60€ e 2.500€. Sanção de inibição de conduzir e perda de 2 a 4 pontos na carta de condução (ou de 5 pontos nas chamadas zonas de coexistência).

  5. Circular em sentido oposto
    Um ato que pode custar a vida a quem circula na estrada e uma das causas de graves acidentes em autoestradas. Se num acidente resultarem mortos ou feridos, o condutor deve aguardar no local a chegada de agente de autoridade. Consequências: coima entre 500€ e 2.500€.

  6. Não respeitar o limite de peso e dimensões do veículo
    Só se pode exceder os limites de peso e de dimensões do veículo se se tiver com uma autorização especial. Caso contrário, pode incorrer-se numa das multas de trânsito mais pesadas. Consequências: coima entre 600€ e 3.000€

  7. Conduzir sob o efeito de drogas ou álcool
    A gravidade desta contraordenação varia entre grave, muito grave e crime, dependendo, por exemplo, do nível de alcoolemia no sangue. Consequências: coima entre 250€ e 2500€. Caso seja considerado crime, implica uma pena de prisão até um ano. Se a taxa de álcool no sangue for igual ou superior a 1,2 g/l, é considerado crime e punido com pena de prisão até 1 ano ou com pena de multa até 120 dias. É uma das infrações que tira mais pontos na carta de condução, com sanção acessória de inibição de condução.

  8. Parar na faixa de rodagem
    Parar ou estacionar na faixa de rodagem, como em rotundas, túneis, passagens de nível, passadeiras de peões ou perto de cruzamentos, pode também levar a uma das multas de trânsito mais pesadas. A multa aumenta quando acontece fora das localidades. Consequências: coima entre 30€ e 300€, dentro das localidades. Fora de localidades: entre 250€ e 1.250€.

  9. Conduzir um veículo com documento de identificação apreendido 
    Consequências: coima entre 300€ e 1500€

  10. Utilização de detetores de radares 
    É proibida a instalação e utilização de quaisquer aparelhos, dispositivos ou produtos suscetíveis de revelar a presença ou perturbar o funcionamento de instrumentos destinados à deteção ou registo das infrações. Consequências: coima entre 500€ e 2.500€ e pode até implicar apreensão do veículo.

  11. Não circular pela direita em autoestradas
    Não circular o mais à direita possível numa autoestrada, exceto em momentos de ultrapassagem, pode implicar uma multa cara. Consequências: coima entre 60€ e 300€

  12. Em autoestradas: não respeitar as entradas e saídas, circular em sentido contrário, inverter marcha, efetuar marcha atrás ou atravessar separadores
    Entrar ou sair em locais de acesso não regulado nas autoestradas é considerado contraordenação. Consequências: coima entre 250€ e 2.500€

  13. Ultrapassar pela direita
    É uma regra básica mas desrespeitada por muitos condutores. Não ultrapassar pela esquerda leva a uma das multas de trânsito mais pesadas. Consequências: coima entre 250€ e 1.250€

  14. Desobedecer às autoridades
    Se não parar quando mandado pelas autoridades, está a desrespeitar o agente e pode sair caro. Consequências: coima entre 500€ e 2.500€

Esteja atualizado e evite multas

Não corra o risco de desrespeitar o Código da Estrada porque a lei mudou. O ACP disponibiliza o Curso de Atualização de Código composto por oito horas de reforço dos conhecimentos e atualização sobre as alterações recentes ao Código da Estrada, assim como várias temáticas de segurança rodoviária. Aumente a segurança de todos e evite multas de trânsito pesadas e desnecessárias. 

Conheça melhor o Curso de Atualização de Código do ACP

Saiba mais

scroll up