ACP-BP

Pub

Autoeuropa aumenta produção diária

| Revista ACP

Para fazer face ao crescente ritmo de trabalho foram contratados mais 36 trabalhadores temporários.

Autoeuropa-840

O aumento de produção de 983 para 1.005 veículos por dia, que se verifica desde há cerca de um mês, e que está em período de teste, já suscitou uma reação da Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa, que, numa comunicação interna, defende um "reforço dos postos de trabalho".

"Tendo em conta o `teste´ do aumento de produção para os 1.005 [veículos por dia] que está em curso na área de montagem, alertamos que os impactos nos ritmos de produção das áreas da pintura e carroçarias devem ser considerados com um reforço de postos de trabalho", sustenta a CT da fábrica de automóveis de Palmela, no distrito de Setúbal.

A Autoeuropa defende também que, caso se mantenha a produção diária de 1.005 veículos, exige que os trabalhadores temporários que, entretanto, reforçaram a área de produção, sejam contratados.

Newsletter Revista
Receba as novidades do mundo automóvel e do universo ACP.

O aumento da produção diária ocorre, praticamente, em simultâneo com a aplicação do regime de `lay-off´ a 3.742 dos 4.900 trabalhadores da empresa, num período de oito dias no mês de junho e de 13 dias no mês de julho, no âmbito de um processo de descarbonização e alterações tecnológicas de infraestruturas, que são necessárias para a produção de novos modelos de automóveis.

A administração do grupo Volkswagen garantiu à Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa que a fábrica de Palmela "está a ser considerada para receber um carro elétrico".

Neste momento, a Autoeuropa produz apenas o modelo T-ROC da Volkswagen, que tem sido um dos mais vendidos em toda a Europa. O ano passado a fábrica da Volkswagen/Autoeuropa produziu um total de 220.100 automóveis em 2023, mais 14% do que em 2022.

scroll up